Juiz Marco Antônio Vargas esclarece o que pode (ou não) no dia da votação

O juiz Marco Antônio Martin Vargas da 1ª Vara Eleitoral da Capital de São Paulo e membro do Conselho Executivo do IPAM em seu quinto vídeo da série sobre as Eleições 2020 detalha ao eleitor o que é permitido levar no dia da votação.

“No dia da eleição é permitido que o eleitor leve a sua cola, aliás, é importante que ele leve já anotado todos os dados de seus candidatos para que possa facilitar o processo de recepção do voto”, esclarece.

Segundo o Dr. Vargas, o “eleitor também pode fazer sua manifestação individual, com o broche do candidato. Só não pode a boca de urna, que é proibido e é, inclusive, crime. Também não é permitido o uso de alto falantes ou amplificadores de som, comícios ou carreatas no dia da eleição”, finaliza.

Assistam ao vídeo aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2020 © IPAM - Instituto Paulista de Magistrados. Todos os direitos reservados.