IEPTB-SP orienta como cancelar protestos durante a pandemia

O presidente do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil (IEPTB-SP), José Carlos Alves, orienta por meio de vídeo enviado ao IPAM como as pessoas podem acessar os cartórios extrajudiciais durante a pandemia sem sair de casa. “Esses cartórios prestam diversos serviços que podem ser requeridos de forma totalmente eletrônica e remota, facilitando a vida das pessoas que necessitam ficar em casa”.

Alves diz que “se alguém tiver algum imposto ou taxa protestados pela Prefeitura do Município de São Paulo e quiser regularizar a situação, basta acessar a Central de Protesto (Centrot), no www.protestosp.com.br, cuja função é disponibilizar aos usuários a utilização dos serviços de todos os cartórios de protesto do Estado de São Paulo”.

Segundo o presidente do IEPTB-SP, “o site é intuitivo, simples e prático e possibilita a consulta de diversos serviços como quitação de débitos e o cancelamento do protesto sem sair de casa. Essa funcionalidade, muitos não sabem, funciona desde o ano passado e se intensificou com o momento de pandemia”, diz. E o que é melhor. “Quem tiver dívida municipal protestada quita seus débitos e faz o cancelamento do protesto pelo site, que já calcula o valor das dívidas protestadas com os devidos encargos, somados ao valor dos emolumentos”.

São diversos serviços disponibilizados, de acordo com Alves: “Consulta gratuita sobre existência ou inexistência de protestos lavrados em desfavor de um CNPJ ou CPF; expedição de anuência de cancelamento de protesto por parte do credor; possibilidade de enviar títulos eletrônicos para protesto; requerer o cancelamento de protestos; requerer certidões de protesto em qualquer cartório do Estado de São Paulo, entre outros”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2020 © IPAM - Instituto Paulista de Magistrados. Todos os direitos reservados.