Direito e Literatura: vídeo aborda parceria entre instituições

Um vídeo com depoimentos de magistrados ressalta que a Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Instituto Paulista de Magistrados (IPAM)  se uniram à centenária Academia Paulista de Letras (APL), que tem 112 anos, para levar a literatura a todos os seus associados por meio de prêmios literários e dos Clubes de Leitura.

“Nada é mais íntimo para um juiz do que se dedicar à leitura e à escrita, porque o magistrado tem como ferramenta de trabalho a palavra. Ele precisa se esmerar para a cada dia ser um dominador do vernáculo”, diz José Renato Nalini, presidente da APL.

O ex-presidente e conselheiro nato do IPAM, Jayme Martins de Oliveira Neto, fala sobre a remodelação da área cultural da AMB e da Apamagis, entidades das quais também foi presidente. E Vanessa Mateus, presidente da Apagamis, lembra que a Associação criou o Clube de Leitura, formado inicialmente por cerca de 10 magistrados, mas que “durante a pandemia foi um bálsamo para os magistrados, que passaram a ser em torno de 90 a 100, sempre discutindo obras clássicas da literatura tanto brasileira quanto internacional”.

Também falam da importância dos Clubes de Leitura e dos prêmios culturais a presidente da AMB, Renata Gil, o vice-presidente cultural e de tecnologia, Thiago Brandão e o secretário cultural, Kéops Vasconcelos.

Assista a história dessa parceria, contada por meio desses depoimentos, neste link.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + oito =

2022 © IPAM - Instituto Paulista de Magistrados. Todos os direitos reservados.