Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

HOME FALE CONOSCO
 
      
Notícias - Cultura
 
Ministério da Cultura aprova uso da Lei Rouanet para Claudia Leitte, Rita Lee e Detonautas Voltar

22/02/13

Claudia Leitte, Rita Lee, Humberto Gessinger e a banda Detonautas estão entre os músicos famosos com projetos aprovados no começo deste mês pelo Ministério da Cultura para captar recursos pela Lei Rouanet.

Entre as mais de 500 propostas com aval para buscar patrocínio também estão a dupla sertaneja Yago & Juliano e a banda cover The Brazilian Pink Floyd.

Além de música, também são incentivadas ações culturais nas categorias de artes cênicas, visuais, audiovisual, patrimônio e humanidades. A planilha com todas as propostas está disponível no site do MinC.

Entre os projetos aprovados, nenhuma proposta nova causou tanta polêmica quanto "O mundo precisa de poesia", aprovada em 2011. A iniciativa, orçada em R$ 1,35 milhão, previa a criação de um blog abastecido por posts diários em vídeo com poemas lidos por Maria Bethânia. Ao todo, 549 projetos culturais para 2013 tiveram a avaliação divulgada pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC). O aval do Ministério permite a busca por patrocínio via Lei Rouanet.

Músicos na Rouanet

Veja propostas musicais aprovadas para captação na lei de incentivo

Projeto Valor
Claudia Leitte - 12 shows no Norte, Nordeste e Centro-Oeste R$ 5.883.100,00
Rita Lee - 5 shows, gravação de DVD e 3 palestras R$ 1.852.100,00
Detonautas - Turnê por 25 cidades R$ 1.086.214,40
Humberto Gessinger - DVD em comemoração de 50 anos de idade R$ 1.004.849,00
Yago e Juliano - DVD e shows gratuitos R$ 1.069.891,00
The Brazilian Pink Floyd - 13 shows R$ 561.486,10

A aprovação do Ministério não significa que o projeto será patrocinado. É apenas o aval para que o artista busque o incentivo junto a empresas, que têm em troca abatimento de impostos correspondente ao valor investido no projeto. O prazo é de um ano para captação e pode ser renovado por seis meses. A comissão de avaliação de projetos reúne representantes de artistas, empresários e sociedade civil de todas as regiões.

Neste ano, o projeto musical com maior orçamento dedicado a um só artista leva o nome de "Shows Claudia Leitte". Foi autorizada a captação de R$ 5.883.100,00 para realização de 12 shows da cantora.

A turnê é prevista para maio, junho e julho de 2013 em Rio Branco, Macapá, Belém, Manaus, Porto Velho, Boa Vista, Teresina, João Pessoa, São Luís, Fortaleza, Goiânia e Brasília. De acordo com a assessoria da cantora, a Lei Rouanet permite que ela consiga cantar em regiões nas quais geralmente ela não se apresenta. Grande parte do dinheiro captado, segundo a equipe de Claudia Leitte, é destinada a despesas como o transporte da estrutura de palco, que inclui painéis de LED. O projeto sofreu ajuste orçamentário que diminuiu em R$ 594 mil o valor pedido inicialmente.

"A nossa intenção é levar os shows para cidades que não têm condições de bancar grandes eventos alicerçados apenas na cobrança de ingressos. Para praças onde seria inviável pensar num show do porte de Claudia Leitte, com todos os custos inerentes a um evento dessa dimensão. É importante registrar que temos, por ora, só a sinalização de que o projeto foi aprovado", diz a assessoria de imprensa da cantora

Shows e DVDs

O projeto "Rita Lee - shows e DVD" pode ter até R$ 1.852.100,00 de patrocínios via lei de incentivo. Quem também teve proposta aprovada para gravação de um DVD foi Humberto Gessinger, conhecido por ter sido o líder do Engenheiros do Hawaii. Ele poderá ter até R$ 1.004.849,00 para gravar um DVD solo em comemoração aos seus 50 anos de idade.

Rock e sertanejo incentivados

A banda de rock Detonautas teve aprovado um projeto de turnê por 25 cidades do Brasil. O valor total solicitado foi de R$ 1.225.714,40, com captação autorizada de R$ 1.086.214,40.

"Estamos há quase seis anos independentes. Arcamos com todos os custos da banda. Marketing, produção, cenário, transporte, equipe. Os custos são altíssimos e pagamos do nosso bolso. Ter a aprovação e conseguir captar significa que vamos sair da dependência de intermediário para conseguir chegar a algumas cidades e ter autonomia para chegar ao público", justifica Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas, em entrevista por telefone.

Uma das contrapartidas sociais oferecida pelo projeto de turnê dos Detonautas é a realização de oficinas de música, poesia e literatura, ministradas pelo próprio Tico e os músicos da banda, em escolas públicas e particulares por onde os shows passarem. "O rock ocupa hoje 4% do mercado de música no Brasil. Tempos poucas oportunidades de atender ao grande público. Os contratantes não têm recursos para pagar nosso cachê", reclama Tico. Segundo ele, o cachê do Detonautas varia entre 20 e 40 mil reais. "O sertanejo prostituiu muito o mercado, porque trabalha com muito dinheiro, fica difícil competir", acrescenta.

A dupla sertaneja Yago & Juliano pediu R$ 1.403.991,00, dos quais R$ 1.069.891,00 foram autorizados, para gravação de DVD e turnê. A dupla formada por pai e filho está na estrada desde 2005 despontou com “Que isso novinha”, lançada no segundo semestre de 2012, já com mais de 1 milhão de acessos no YouTube.

"A Lei de Incentivo é um meio que encontramos para levar ao público mais carente cultura e entretenimento através do nosso show. A ideia é fazermos apresentações e disponibilizarmos CDs e DVDs sem nenhum custo aos nossos fãs e, com isso, divulgar cada vez mais o nosso trabalho", diz a dupla.

"Outro grande motivo é o próprio incentivo às empresas que estão vendo a música com outros olhos. Elas estão percebendo que existem inúmeras vantagens em investir na música e na cultura uma verba que já estava destinada ao imposto de renda", dizem. Segundo eles, já há "parcerias com ótimas empresas em andamento".

A assessoria de imprensa de Humberto Gessinger afirmou que o projeto aprovado pelo MinC estava ainda no começo e não há mais informações sobre ele. A produção de Rita Lee não respondeu aos e-mails até a publicação desta reportagem. No início de 2012, a cantora chegou a anunciar que não faria mais shows, mas voltou a fazer apresentações.

Fonte: G1

 
 
 
 
 
 

INSTITUTO PAULISTA DE MAGISTRADOS
Rua Tabatinguera, nº 140 - 14º andar - cj. 1412 e 1413 Ed. Roger Zmekhol - Sé - CEP 01020-000 - São Paulo
Telefones: 3105-9290 / 3101-9855 e fax: 31051083

Redes Sociais  
IPAM - Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados Powered by FUTURAWEB